O Intervozes – Coletivo Brasil de Comunicação Social é uma organização que trabalha pela efetivação do direito humano à comunicação no Brasil.

Para o Intervozes, o direito à comunicação é indissociável do pleno exercício da cidadania e da democracia: uma sociedade só pode ser chamada de democrática quando as diversas vozes, opiniões, culturas e raças que a compõem têm espaço para se manifestar.

O coletivo é formado por ativistas e profissionais com formação e atuação nas áreas de comunicação social, direito, arquitetura, artes e outras, distribuídos em 15 estados brasileiros e no Distrito Federal. Cada associada e associado do Intervozes é, ao mesmo tempo, promotor(a) de ações locais e colaborador(a) na formulação e realização de estratégias nacionais adotadas pelo coletivo.

About us

Intervozes – Coletivo Brasil de Comunicação Social is a Brazilian organisation that works for safeguarding freedom of expression and human rights in all forms of communication. For Intervozes, freedom of expression is inseparable from the full exercise of citizenship and democracy: a society can only be called democratic when the different voices, opinions, cultures and races that comprise it have space to express themselves.

Since 2003, Intervozes has worked to defend communication rights and contribute to the construction of a regulatory environment and public policies capable of promoting a more diverse and pluralistic media environment. Initially focused on mass media issues, the organisation currently understands that democratic challenges in the communication field have to be increasingly assessed and addressed on an integrated basis. In this sense, Intervozes presents as its overall objectives the monitoring of communication policies and the media system as a whole, in addition to the defence of ICT access policies combined with the strengthening and enforcement of human rights in the use and appropriation of these technologies.

Apart from producing informative and analytical content, a key element of Intervozes’ work is directed to awareness raising and civil society mobilisation, always seeking to interconnect organisations from other fields and social movements as a way to counterbalance the powerful political and economic interests involved in communication policies.

The organisation is based in São Paulo and has dozens of members in more than 10 Brazilian states.

>>Conheça mais o Intervozes / More about us

Compromisso

Nosso compromisso é promover o direito humano à comunicação, trabalhando para que ele seja apropriado e exercido pelo conjunto da sociedade na luta por uma sociedade democrática, justa e libertária, construída por meio da autonomia, dignidade e participação de todas as pessoas. Para isso buscamos:

• avançar na implementação de um sistema nacional de comunicações, com um marco regulatório balizado pelo interesse público, a diversidade e a democracia e que respeite, promova e proteja o direito humano à comunicação no Brasil;

• fortalecer o movimento pelo direito humano à comunicação, em articulação e mobilização com diferentes atores; e fortalecer as lutas sociais a partir do compartilhamento de pautas e demandas com os movimentos sociais;

• estimular, reforçar e construir práticas, mecanismos e processos de exigibilidade e de participação pública e social na comunicação para a garantia desse direito humano;

• fortalecer a comunicação popular, comunitária, independente, alternativa e livre bem como a produção e difusão de conteúdos plurais e diversos; promovendo uma mídia mais plural, diversa e democrática.

Atuação

O Intervozes trabalha para promover o direito à comunicação através de ações de:

• acompanhamento e fiscalização das ações do Executivo, Legislativo, Judiciário e de empresas, públicas e privadas, prestadoras de serviços de comunicação;

• sensibilização de pessoas e grupos organizados ou não, com participação em espaços de debates e produção de material de referência sobre o tema;

• articulação política com movimentos sociais e organizações, por meio da participação em fóruns e redes que tenham também como pauta a democratização da comunicação;

• monitoramento das violações do direito à comunicação, com formulação de denúncias e envio das mesmas aos órgãos nacionais e internacionais;

• formação para a interação crítica com a mídia, para a intervenção nas políticas públicas de comunicação e para a prática que incentive outra comunicação, popular e comunitária.

Documentos

A atuação do Intervozes é pautada por dois documentos centrais: a Carta de Princípios e o Estatuto. A primeira marca a criação política do coletivo, com seus vínculos de história, nascimento, sociais, fundamentos. Já o segundo é o documento civil do Intervozes, delimitando sua organização formal, sua democracia interna, seus procedimentos e normas associativas, entre outros.

Clique aqui para conhecer a nossa Carta de Princípios

Clique aqui para ler o nosso Estatuto Social

Financiadores

AccessNow

Ford Foundation

Fundação Friedrich Ebert (FES)

Fundação Rosa Luxemburgo

 Open Society Foundations

Parceria em projeto

Repórteres sem Fronteiras